Em um contexto mais amplo, as estratégias de marketing para instituições são muito próximas de planos de ações montados para qualquer outro negócio, porém com objetivos mais direcionados.

 

Pouco se fala no mercado sobre estratégias de marketing e publicidade para sindicatos, associações e demais instituições.

Isso se deve principalmente ao fato de que essas instituições em geral não possuem um produto tangível, dificultando as ações de marketing.

No entanto, estamos falando de um setor com potencial gigante (são aproximadamente 300 mil instituições sociais no Brasil) e carente de técnicas de mercado que já são utilizadas frequentemente no setor empresarial, gerando muitas oportunidades a serem trabalhadas.

Em geral, uma boa estratégia para marketing de sindicatos, associações e demais instituições sempre terá como principal objetivo o incremento de receitas e da base de associados, voluntários e doadores.

O aumento da receita pode se dar com eventos, com produtos conveniados (planos de saúde, seguro comercial, seguro de vida, empréstimos bancários, entre outros serviços) ou algum outro benefício realmente atrativo, que reforce a relação entre custo e benefício para o associado e torne a instituição algo atrativo.

Mas aí entra um detalhe muito importante que precisa ser bem analisado: se existem milhões de instituições no Brasil, algumas irão “aparecer” mais que as outras para captação de receitas, voluntários e doadores. E é nesse ponto que começamos a responder como o Marketing Digital é fundamental também para as instituições.

Em um contexto mais amplo, as estratégias de marketing para instituições são muito próximas de planos de ações montados para qualquer outro negócio, porém com objetivos mais direcionados.

Pode-se aplicar estratégias de Inbound Marketing e Outbound Marketing, SEO e Social Media sem nenhum problema, desde que você tenha em mente que o objetivo-chave de qualquer campanha é demonstrar para os seus associados os benefícios que a instituição oferece.

Esse talvez seja o maior erro de comunicação do setor e pode ser solucionado com ações simples de marketing.

 

1. Lembre-se: conteúdo é tudo

A mais crescente esfera do marketing diz que devemos trabalhar conteúdo que desperte atração e engajamento do público-alvo.

Ao criar materiais relevantes, que não possuem ansiedade de “venda” e envolvem o leitor, você gerará valor para as pessoas que consomem o seu conteúdo e criará uma imagem de autoridade ao redor da sua instituição, destacando-se, assim, entre as demais.

Uma boa dica é ter um blog da instituição com conteúdos relevantes e gratuitos para o contribuinte. Vídeos e eBooks com informações simples, mas que possam agregar ao dia a dia dele, tornam sua instituição cada vez mais referência sobre determinados assuntos, melhorando seu posicionamento orgânico no Google.

O próprio YouTube também oferece formas simples e gratuitas para capturar esses vídeos. Basta elaborar um bom roteiro (pensando sempre em ser relevante para o contribuinte) e começar. Identifique sempre a melhor forma de abordar seu associado, assim ele sentirá que o conteúdo de fato foi criado para ele.

 

2. Se conteúdo é tudo, a frequência é “quase” tudo

Você já ouviu a máxima “quem não é visto não é lembrado”?

Nunca essa frase fez tanto sentido quanto agora. O seu público é bombardeado incessantemente por informação de todos os lados. Se você não se mantiver firme, oferecendo algo de qualidade para seu associado e fazendo com que ele lembre constantemente de você e dos benefícios e ações realizadas, logo sua instituição cairá no esquecimento.

Tenha uma frequência pré-definida de publicações nas redes sociais, no blog da instituição e seja lá o melhor caminho que escolher. Mas lembre-se: seu associado espera que você vá cumprir “o acordado”.

Uma dica muito legal é fazer um planejamento de marketing, e isso não precisa ser muito complexo. Pode-se definir periodicidades, objetivos e canais para que esses objetivos sejam atingidos de forma bem simples.

Existem inúmeras ferramentas que auxiliam no planejamento de sua publicações. As próprias redes sociais já permitem que você crie as publicações agendadas. No Facebook mesmo você pode criar todas as publicações no início de cada mês e depois só ir acompanhando as métricas.

Também há ferramentas de Email Marketing que permitem que você agende campanhas e dispare para uma lista de contatos.

Medir os resultados para mudar a direção em caso de pouco engajamento é fundamental e também precisa ter prazos muito bem definidos.

 

3. Exemplos práticos

  • Disparar emails periódicos para sua base mostrando as ações que a instituição tem realizado, os novos convênios firmados (é simples e muito barato, pois existem diversas ferramentas que podem auxiliar)
  • Trabalhar sua base de sócios ativos e utilizar estratégias de remarketing nas redes sociais contribui muito para o sucesso da sua campanha
  • Já está presente em alguma das redes sociais? Não se esqueça de analisar com calma se é nela que se encontra seu público
  • Tenha sempre um bom planejamento de Marketing Digital, isso ajuda a atingir os objetivos com menos esforço
  • Leve a sério a gestão da instituição e tenha controle dos números, seja por planilha, sistema de gestão ou qualquer outra forma, pois não adianta divulgar o que não anda nada bem
  • Participe ativamente de eventos de marketing. Os conceitos precisam ser entendidos para que a prática flua bem. Uma grande dica é o RD Summit (maior evento de Marketing Digital da América Latina), que acontece anualmente em Florianópolis.

Por fim, prestando atenção a alguns desses pontos relacionados ao marketing e levando sempre em consideração qual é o verdadeiro propósito da instituição, você conseguirá construir relacionamentos duradouros com seus associados, além de se destacar de forma simples com um trabalho muito bacana.

 

Esperamos que tenham gostado das nossas dicas. E, por favor, não deixem de nos enviar sugestões, críticas e comentários, ok? Talvez você queira aproveitar esse e-book gratuito sobre gestão financeira 🙂

 

Até breve!

Agora que você conhece um pouco melhor sobre o GestorSindical que tal inscrever-se em nossa newsletter e ser o primeiro a saber das novidades que irão surgir no Gestor Sindical?

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>